FAQ


Desafio 10x10 - Perguntas e Respostas

O que é o Desafio 10x10?

O Desafio 10x10 é uma gincana online que ocorre em todo território nacional com o objetivo de mobilizar toda a sociedade brasileira, estimulada pela juventude, para arrecadar recursos para ajudar a alimentar 10 milhões de famílias afetadas pela pandemia do COVID-19.


Como funciona?

As pessoas poderão contribuir para a arrecadação no site do Desafio 10x10. Ao entrar no site será possível fazer a contribuição no valor desejado e ainda relacionar esse valor com algo que elas se identificam, como música, esportes, arte de rua, games, entre outras.

Todas as contribuições serão feitas atendendo a critérios técnicos de segurança e privacidade junto à plataforma da Doare. Todas as doações serão transformadas em vale alimentação (cestas digitais) que serão distribuídos entre organizações parcerias do Desafio 10x10: a Child Fund (auditada pela Baker Tilly), Central Única das Favelas (CUFA) (auditada pela Proaudit), Gerando Falcões (auditada pela KPMG) e World Food Program da ONU.

Cada uma destas organizações parceiras se encarregará de distribuir cestas digitais para famílias beneficiadas em todo o Brasil. Estas cestas digitais são vale alimentação no valor de R$ 100,00, a serem repassados durante três meses, perfazendo um total de R$ 300,00 para cada família.

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP), maior agência humanitária do mundo, por meio do Centro de Excelência contra a Fome Brasil, atuará na coordenação de mobilização de atores, e na coordenação de ações de logística de organizações parceiras, dentre outras ações.

Juntas as quatro instituições membros do conselho de governança da campanha têm presença nacional direta, ou por meio de parceiros, chegando até a comunidades de baixa renda, incluindo quilombolas, indígenas e ribeirinhos.

Os cartões serão usados preferencialmente no comércio local, habilitados para comprar alimentos e itens de higiene. Todo o processo será auditado e os resultados divulgados.


A quem beneficia?

Os beneficiários finais do Desafio 10x10 são as famílias que receberão os vale alimentação (cestas digitais). A definição das famílias a serem beneficiadas será feita pelas organizações parceiras do Desafio (Child Fund, CUFA, Gerando Falcões E WFP). Todo valor arrecadado e distribuição serão auditados.

As organizações parceiras do Desafio 10x10 não ficarão com nenhum valor que vier a ser arrecadado, o qual será revertido integralmente para a aquisição das cestas digitais.


Qualquer pessoa pode contribuir para a arrecadação?

Sim, qualquer pessoa poderá contribuir para a arrecadação do Desafio 10x10. Esta doação poderá ser feita online, através do site www.desafio10x10.com.br, por cartão de crédito, paypal e boleto bancário. As contribuições acontecerão em um ambiente seguro, para garantir a operação e a respectiva privacidade de dados.


Por que este formato de gincana?

O formato de gincana foi pensado para criar um ambiente de competição colaborativa, que estamos chamando de “coopetição”. Vai jogar com as paixões dos brasileiros em atuar conjuntamente pelos temas, artistas, jogadores de que são fãs. Por exemplo, gamers, que têm comunidades que chegam aos milhões de seguidores, vão estimular seus fãs a colaborarem com a arrecadação do Desafio.


Isto não estimula a competição?

Sim, estimula. Mas vemos isso como uma competição positiva, colaborativa, em favor de uma causa maior, de ajudar famílias em situação extrema a superar a fome.


Quem está por trás do Desafio?

O Desafio 10x10 foi idealizado originalmente pelo arquiteto e especialista em jogos colaborativos de impacto social Edgard Gouveia Jr. Ao longo de seus muitos anos atuando no campo social, Edgard sempre buscou encontrar formas de estimular as pessoas, especialmente em comunidades de baixa renda, a buscar o melhor de si para atuarem colaborativamente para resolver as necessidades da comunidade.

Ao se dar conta de que a crise econômica, social e de saúde pública decorrente da pandemia do COVID-19 deve deixar milhões de famílias em situação de extrema vulnerabilidade, Edgard percebeu que seria necessário uma mobilização nacional do tamanho da crise prevista. Ficou claro também que empresas, organizações e nem mesmo o governo, sozinhos, seriam capazes de fazer frente à situação.

Com isto em mente, surgiu a ideia de aplicar a experiência com jogos colaborativos para desenvolver uma gincana nacional, alimentada pelos jovens, a qual se transformou no Desafio 10x10.

Para executar esta ideia Edgard juntou um pequeno exército de voluntários, empresas, associações dos mais diversos setores da sociedade, todas e todos dedicando parte ou o total de seus tempos e conhecimento a fazer o Desafio 10x10 acontecer. Falam de mobilizar jovens, mas jovens não têm dinheiro. Quem vai contribuir na arrecadação? De fato, em geral os jovens não dispõem de recursos financeiros próprios, mas têm uma enorme capacidade de mobilização do seu entorno, tais como famílias e amigos mais velhos. A proposta é justamente que a força jovem seja o canal para engajar a sociedade neste esforço coletivo e colaborativo.

Quem garante que o dinheiro doado será convertido em cestas básicas? As organizações parceiras do Desafio 10x10 (Child Fund, CUFA, Gerando Falcões e WFP) são reconhecidas nacionalmente pela seriedade e transparência na condução de suas atividades. A campanha será auditada e os resultados serão divulgados.

Se uma família quiser se cadastrar para receber a cesta, pode fazer? O cadastramento de famílias beneficiadas é de responsabilidade das ONGs e associações ligadas à Childfund, CUFA e Gerando Falcões. Procure a associação ou ONG mais próxima a você que esteja ligada a um desses movimentos.

Se uma organização quiser se cadastrar para receber dinheiro e distribuir cestas, pode fazer? A Chilfund, CUFA e Gerando Falcões utilizarão da rede de cadastros próprios de entidades e organizações parceiras para a redistribuição das cestas básicas digitais, havendo possibilidade de novos cadastros através do contato direto com cada uma delas. E-mail de contato: comunicacao@childfundbrasil.org.br, contato@cufa.org.br, e contatogf@gerandofalcoes.com.


Qual é o critério para distribuição das cestas?

Cada ONG possui seu critério de acordo com público das favelas e aquele com maior necessidade, no qual buscarão ao máximo beneficiar aqueles em situação extrema.


Como garantir que comunidades como quilombolas, indígenas, ribeirinhas serão atendidas?

A garantia sobre este público não existe, faremos de tudo possível para chegar até eles e com as organizações parceiras do Desafio 10x10 (Child Fund, CUFA e Gerando Falcões) envolvidas compreendemos que isto será possível. Utilizaremos a inteligência do datafavela (CUFA) e NIS (Núcleo de Inteligência Social) para aprimorar a distribuição.

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP), maior agência humanitária do mundo, por meio do Centro de Excelência contra a Fome Brasil, atuará na coordenação de mobilização de atores, e na coordenação de ações de logística de organizações parceiras, dentre outras ações.

Juntas as quatro instituições membros do conselho de governança da campanha têm presença nacional direta, ou por meio de parceiros, chegando até a comunidades de baixa renda, incluindo quilombolas, indígenas e ribeirinhos.


Como o Norte e o Nordeste do Brasil estão sendo contemplados?

As organizações parceiras do Desafio 10x10 (Child Fund, CUFA e Gerando Falcões) possuem afiliados nestas regiões e será dado toda atenção visto que os dados já disponíveis confirmam a situação extrema nestas áreas.

CONECTE-SE
CONTATO
Este site pertence à Associação Cívil LiveLab, organização sem fins lucrativos,
CNPJ/ME 21.231.665/0001-86 (www.livelab.org.br / contato@livelab.org.br).
Powered by Contentful